domingo, 21 de junho de 2009

BANANA



Meu afilhadoa esteve o final de semana em minha casa, pois seus pais viajaram e como ele é uma criança pura e indefesa não poderia ficar sozinho, então fizemos a caridade, com muito prazer, de recebê-lo e dar-lhe atenção.
Como não tínhamos o que fazer no domingo, ficamos fazendo nada.
Em um dado momento, enquanto conversávamos pelo MSN – isso porque estávamos na mesma casa – lembrei que precisava atualizar o blog, então pedi para que ele falasse uma palavra qualquer, e aqui esta ela, o post de hoje.

A banana é um fruto cuja origem é o sudeste do continente asiático e é algo do qual não gosto de comer, pela consistência, mas adoro seus derivados, a saber: vitamina, sorvete, bala...
Esta fruta tropical possui uma polpa macia, saborosa e doce. Formam-se em cachos na árvore chamada bananeira e muitas delas têm histórias fantásticas para contar, pena que não podem falar.
Existem diversas espécies de bananas. No Brasil, as mais conhecidas são: nanica, prata, banana-terra e a banana maçã.
Serviram de inspiração para Carmen Miranda e algumas até já usaram pijamas na TV.
Elas nascem verdes e quando estão maduras ficam com as cascas amarelas (maioria das espécies) ou vermelhas (minoria) e cada bananeira produz de uma só vez de 5 a 15 pencas de banana.
São muito utilizadas na culinária de centenas de países e consumidas ao natural, fritas, cozidas e assadas.
Uma banana madura e de porte grande (nanica, por exemplo) pesa, em média, 120 gramas e são ricas em fibras, potássio, vitaminas C e A. Não possuem sementes e é um fruto sem fecundação prévia.
Aproximadamente, 70% deste fruto é composto por água. A banana nanica, mais consumida no Brasil, é muito utilizada em bolos, doces e outros pratos da culinária brasileira e é enorme, contrariando o nome.


CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Zingiberales
Família: Musaceae
Género: Musa

O momento da tal conversa
Onde sapiei: Sua pesquisa

7 comentários:

Gabriel Von Borell disse...

Odeio banana .

Abraços .

thayze darnieri disse...

algumas coisas:

uma revolta, deixei de ser sua seguidora aquém da minha vontade, como assim, dois post e eu não vi; =//

outra revolta, minha cam (olha a diferença) peloamordedeus!;

banana? se não estivesse explicado como surgiu o post, juraria qe era por causa do sua aversão a fruta em sua forma natural;

banana? só gosto de uma espécie, mas esses nomes me confundem muitoo! só vendo..

por fim, finalmente, adoro a forma como você escreve, como explica as coisas... sem as quais eu não teria aprendido e descoberto muitas coisas na minha vida!

Osório Filho disse...

Para mim, banana é a melhor fruta. Adorei o nome científico. Musa etc.
Bem legal.

Quando penso como a banana nasce, e que ela é na verdade meio que uma praga que impede o desenvolvimento total do bananeiro(um bananeiro só dá uma penca por vida, ou várias uma única vez, algo assim), por um segundo não gosto tanto da fruta. Só por um segundo... hehehhe
Adoro a banana-ouro, aquela pequeneninha. A prata ou maçã (nunca sei qual é qual) também estão nas minhas favoritas.
É isso... :)

Marlon Vila Nova disse...

Eu ADORO banana. Falando nisso, preciso comprar algumas. Minhas cãimbras voltaram.
Afff!

Guille Insandecido disse...

Amo banana...
Mas que afilhado???
O que de formosa, de primeira comunhão???

Remi disse...

Guille, afilhadao, sou eu! =D Eu decidi adotar o Vitor como madrinho porque eu estava insatisfeito com os dotes paternais do meu padrinho de verdade (caham!).

Thayze, a câmera parece pior porque estávamos no escuro, não porque ela é realmente pior.

Gostei do post, também! E adoro banana! =D

ps: Assim, eu realmente tenho uma pequena semelhança com o Garrel [/comentáriomenosmodestodaexistência]

railer disse...

engraçada a origem da postagem.