terça-feira, 7 de julho de 2009

Sentido da Vida




Nasce


Acorda

Chora

Come

Dorme


Acorda

Come

Brinca

Dorme


Acorda

Brinca

Come

Estuda

Dorme


Acorda

Come

Estuda

Brinca

Dorme


Acorda

Come

Estuda

Dorme


Acorda

Trabalha

Estuda

Come

Dorme


Acorda

Trabalha

Come

Trabalha

Dorme


Acorda

Trabalha

Come

Trabalha

Dorme


Acorda

Come

Dorme


Morre


Será um pensamento depressivo? Creio que não. Vejo apenas como um pensamento de alguém que procura por um sentido um pouco mais interessante/importante de existência.

4 comentários:

Osório Filho disse...

Para resumir a conversa, para mim a vida é praticamente tudo menos isso.
Comer é algo que, sim, necessitamos, mas não é essencial. Dormir, se pudesse, não o faria. Acordar, aí sim, importante para que possamos continuar a vida material.
Além disso, tem só tudo. Crescimento espiritual, conhecer pessoas queridas e passar a elas seus pensamentos, o que você pensa, o pouco do conhecimento que pode passar. Enfim... conhecer, aprender, crescer espiritualmente. É isso que vale nesta vida que, para mim, nada mais é que uma passagem rumo ao crescimento cada vez mais e mais...

E para você também, com certeza!!!! :)))

thayze darnieri disse...

ai, amor... assim você me deprimee. =//

... talvez pelos mesmos motivos ou quem sabe por motivos diferentes, tenho pensado muito nisso nos ultimos diaas.

para mim, a vida qe levava nesses ultimos meses era definida como "tempo de transição" - inicio meio fim - tinha planos futuros e estava "descartando" o presente conscientemente, por um sentido MAIOR!

hoje, onde foram parar meus planos, minhas idéias, meus desejos, meu livre arbitrioo?

obviamente existem outras coisas, essas muito mais importantes, as qe suprem a necessidade da existencia. entretanto, sem subsistencia

... o qe faz?

Marlon Vila Nova disse...

Concordo com o Ozório. Maslow criou há mto tpo atrás uma pirâmide que define as prioridades na vida. As que vc descreveu não passam da segunda etapa. Basicamente isso é só o imprescindível. Com um mundo desse tamanho, com uma cidade com tantas possibilidades, é um desperdício viver apenas com o indispensável.
Entendeu agora pq eu considero dormir perda de tempo. Pra mim o que vale é o presente. E por mais transitório que seja, é um tempo que merece ser apreciado.
Aproveita a vidaaaa Vitoooor!
Bjoo!

railer disse...

faltou um monte de coisas, como viajar!