terça-feira, 8 de setembro de 2009

Comendador

Pelo fato de uma pessoa muito especial em minha vida, um ser que amo muito, ter recebido uma comenda, me enchendo de orgulho, resolvi fazer este post. A comenda da foto é meramente ilustrativa, a recebida é outra.

Comenda é uma condecoração concedida a pessoas que se destacam em suas áreas de atuação, desde artistas, políticos e empresários até esportistas. Uma espécie de Honra do Mérito. Quando surgiu na Idade Média, a recompensa tinha um significado diferente. Naquele tempo, a comenda era um benefício dado a membros do clero ou a militares que demonstravam valentia em batalhas. "Geralmente, a comenda era algo valioso, como o título de propriedade de uma terra. Com o passar dos séculos, seu valor tornou-se simbólico, representado por diplomas ou medalhas", afirma Waldemar Baroni, heraldista (especialista em títulos e emblemas da nobreza) do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito de São Paulo (CEHM). Se antes o comendador tinha a obrigação de defender a terra recebida contra inimigos, hoje ele não tem função definida. A distinção confere prestígio social.
Hoje, o título sobrevive no cerimonial de governos e instituições privadas, que seguem uma hierarquia de acordo com a importância do homenageado. Digamos que é, nos dias de hoje, como se fosse Doutor. A diferença é que em muitos casos põe-se uma gravata e se autodenomina Doutor, já comendador foi denominado, deram-lhe a comenda como forma de reconhecimento por um grande feito em sua área.
"O menor grau é cavaleiro, seguido de oficial, comendador, grande oficial, grão-cruz e, quando existe, grão-colar", afirma outro heraldista, Adilson Cezar, também do CEHM.

Esse meu amor deveria receber mais uma comenda, reconhecendo sua humildade.

Onde sapeei: Topografia UFSC


4 comentários:

thayze darnieri disse...

... pessoa muito chique!

de fato, deveria receber muitas outras comendas reconhecendo o grande ser humano qe é.

Osório Filho disse...

Realmente as comendas da atualidade são mais para prestígio social e pessoal, porém sempre precedida de algo feito em prol da instituição onde a pessoa que recebeu trabalha ou mesmo em benefício do país. Em sentido amplo, não são recebidas pela pessoa, e sim por toda a coletividade que a ajudou a receber tais condecorações.
São bem interessantes, pois fazem lembrar da Idade Média, meu período histórico favorito. :)

...vdj... disse...

A única "comenda" que recebi foi uma medalha de 1º lugar geral pelo excelente trabalho [o eclipse no sistem a solar] realizado na feira de ciências, quando eu estava na 7ª série do 1º grau. ¬¬

Mas foi mara!

railer disse...

parabéns!